Pensamento

Quando aparece no mundo um verdadeiro génio, podemos reconhece-lo através de um sinal: Todos os estúpidos se unem contra ele.
Jonathan Swift

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Sobreposições

Sob um telhado de vidro
que sempre sonhei ter no quarto
para ver chover

Folhas caídas que anunciam fins de ciclos


quarta-feira, 11 de abril de 2012

O papel da parede


Algures em Monção

Umas mais ambíguas do que outras, é certo.
Mas gosto de reparar nestas manifestações.



domingo, 8 de abril de 2012

Um registo daqueles

Ontem a Mini Mone começou a andar.

Golfe ou Golf?


Parece que já foi há um ano...
Só hoje vi este momento que fica para a História... de uma notícia que afinal era uma....
nem sei, o melhor é ver...
Como é possível?!
Confundir o desporto com o modelo de um carro!!!
Não me lembraria de pior!
Baixar o IVA apenas para os WW Golf.
Nossa senhora!

sexta-feira, 6 de abril de 2012

segunda-feira, 2 de abril de 2012

O Sr Ramiro e a música dos cowboys


Num recanto da cidade, onde passo todos os dias hoje parei, para conversar com o Sr. Ramiro, 
personagem que invariavelmente passa o fim da tarde a alegrar quem passa com o seu violino. 
Não porque goste de dar espectáculo, como o próprio afirma...
Simplesmente porque sente prazer em brindar com a sua música quem passa em frente do seu portão
no fim de uma jornada de trabalho.



E foi assim que encantou o Tomás, como a mim. 
Queres ouvir a música dos cowboys? 
- atirou logo simpático.
Que sim, respondemos de pronto:
 Assim é a música: Une, alegra, desinibe, aproxima, contagia.
Como diria "o outro":
Um grande bem haja ao Sr. Ramiro.